sábado, 30 de março de 2013

Dalton Vigh e o tablet da tekpix




Pois é. Uns chamam de coincidência. Eu prefiro chamar de 'idéia de referência'.
Puta merda, até rima.
#medo

QUERO AGRADECER NOVAMENTE...

...TODO MUNDO QUE ENTRA NESTA MERDA DESTE BLOG E NÃO DEIXA PORRA NENHUMA DE COMENTÁRIOMUITO OBRIGADA. TOMARÁ QUE VOCÊ QUEBRE O DEDO E NÃO POSSA NEM DIGITAR 190 QUANDO UM SERIAL KILLER INVADIR SUA CASA. ABRAÇO.

quarta-feira, 27 de março de 2013

ATENÇÃO - ESTADO DE SP - PROTEÇÃO ANIMAL EM GUERRA



SANTO ANDRÉ,
ROBERTO RAUTENBERG

A PARTIR DESTA DATA DECLARO ESTADO DE GUERRA NO ESTADO DE SÃO PAULO. UM SENSO DE URGENCIA JAMAIS VISTO NA HISTÓRIA DESTE PAIS NA AREA DE PROTEÇÃO ANIMAL TOMOU PROPORÇÕES SEM PRECENDENTES. ANIMAIS ESTUPRADOS, TORTURADOS, FERIDOS, MUTILADOS...

REVOLTA, MISTURA-SE COM LÁGRIMAS E ESPERANÇA DE QUE ALGUM HIPÓCRITA EM BRASÍLIA FAÇA ALGO. AGORA NÃO PRECISA MAIS, “OBRIGADO PELA AJUDA”. (SIC).
A GUERRA AGORA É PESSOAL ELA É MINHA E DE MILHARES OU TALVEZ MILHÕES DE PAULISTANOS QUE DEFENDEM A CAUSA DE PROTEÇÃO AOS ANIMAIS. EU JURO QUE A PARTIR DE HOJE CUSTE O QUE CUSTAR A GUERRA SERÁ GANHA.

O QUE OCORREU COM ESTE ANIMAL ULTRAPASSOU TODOS OS LIMITES DA DEGRADAÇÃO HUMANA. AMANHA ESTAREI REALIZANDO O BOLETIM DE OCORRÊNCIA, BEM COMO VOU APOIAR E COBRAR DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE SÃO PAULO UMA RIGOROSA INVESTIGAÇÃO DESTE CASO PARA QUE CHEGUEMOS ATÉ AS PESSOAS QUE ABANDONARAM ESTA CACHORRA.
CONFESSO QUE ESTOU EM ESTADO DE CHOQUE DE TER PRESENCIADO O SOFRIMENTO DESTE ANIMAL AO VIVO, O MESMO FALECEU.
OS VERMES ALCANÇARAM O SEU CÉREBRO, A FOTO PUBLICADA NA DENUNCIA VIA FACEBOOK É DE ALGUM TEMPO ATRÁS ONDE AINDA ERA POSSÍVEL SALVÁ-LA.
NA DATA DE HOJE, 27/03/2013 OS VERMES ERAM INÚMEROS, ELES NÃO PARAVAM DE SE MULTIPLICAR E DEVORAVAM A CABEÇA DA CACHORRA ATINGINDO COMPONENTES VITAIS.

A MESMO MORREU OLHANDO PARA MIM EM UMA MACA O SEU OLHAR JAMAIS VOU ESQUECER. JAMAIS! AGORA... ONDE QUER QUE ESTEJA, SEI QUE ESTA BEM E ALIVIADA.
ESCREVO ESSE TEXTO, EXATAMENTE AS 2 HORAS DA MADRUGADA, 26/07/2013, CHORO DE TRISTEZA E RAIVA.
UM FILME DA MINHA VIDA CORRE DENTRO DE MIM, MOMENTOS QUERIDOS EM QUE ERA PEQUENINO E NÃO VIA A MALDADE NOS SERES HUMANOS. VOU TRABALHAR AGORA, MAIS, MAIS E MAIS... MESMO QUE ISSO CUSTE A MINHA SAUDE.

CADA SEGUNDO DO SOFRIMENTO DESTA CACHORRA , ME FAZ LUTAR E LUTAR CADA VEZ MAIS EM DEFESA DOS ANIMAIS, COMEÇEMOS AGORA A ESTRATÉGIA PARA VENCERMOS ESTA GUERRA E VAMOS PASSAR COMO UM ROLO COMPRESSOR SEM DÓ E SEM PIEDADE EM CIMA DAQUELES QUE MALTRATEM OS ANIMAIS.

AMOR AOS ANIMAIS E JUSTIÇA.

LUTO
ROBERTO RAUTENBERG.

Fique longe dos mais vendidos

“Por fim, se as livrarias não fazem parte de seus passeios semanais, se for a primeira vez que você vai entrar em uma (ironia à parte, perdão, perdão…), por favor, fique longe da lista dos mais vendidos. Raramente um livro bom vai parar nesta lista. E quem não gosta de livros bons não gosta de si mesmo. Mas o que é, afinal, um livro bom? Um livro que me faz desconfiar de mim. A alma se descobre um pouco adiante…”

Seuspaunocu

Já pensou se a maioria das criticas que formaram suas inseguranças atuais foram feitas na verdade por... recalque? Não seria lindo descobrir isso? Bom, lindo, não sei... porque se as inseguranças já se instalaram, pouco muda saber como foram geradas, mas talvez ajude no processo de superá-las. 
Esses dias eu comecei a pensar nisso depois de catar na cagada pessoas copiando coisas que, antes, criticaram em mim. Se isso revela uma coisa, na certa é de que a motivação da critica foi inveja/maldade. Talvez maldade seja forte. Maldadezinha, pronto. 

Ser humano é patético, nénão?

quinta-feira, 14 de março de 2013

De onde eu vim, para onde vou, quem sou eu

Eu sei que pareço ter uma síndrome de Prince e P. Diddy, mas é... o sobrenome se foi. Eu gostaria mesmo de explicar publicamente porque não aceito meu sobrenome. Ele não é Boquete, nem Pinto. Mas me causa tanto constrangimento quanto, pois me traz lembranças ruins, que eu tento esquecer a cada dia.

Eu usei Novak por muito tempo. Mas quando comecei a trabalhar como maquiadora e meu nome ia sair em algumas revistas, eu resolvi oficializar um nome artístico. E como Novak é um nome judeu... eu achei melhor mudar.

Na época, o Adam Lambert estava ganhando fama no American Idol, eu o adorava. Por ele estar sempre maquiado, achei que seria uma referência legal de nome artístico para uma maquiadora. O que eu não chequei na época é... que é um nome judeu também.

Então, antes tarde do que nunca, resolvi me rebatizar. É mais FRUSTRANTE que divertido, lhes adianto.

Meu sobrenome verdadeiro é italiano, mas eu não faço questão de escolher outro assim. Pensei em um alemão, já que vira e mexe me perguntam se eu tenho ascendência alemã. Mas nem eu saberia soletrar Schumacher.

 Então, escolhi o sobrenome da mulher que mais admiro no mundo, Marilyn Milian.

É um nome latino, mas hey... estamos na américa latina. 

Então está decidido: Nathalia Milian.

Ou Nana Banana para os íntimos.  

E Rainha Glamurosa para os recalcados.

Catalepsia projetiva

É isso mesmo, desse jeitinho. Só não compro a explicação de por que todo mundo que tem esta merda relata as mesmas coisas.


E o "fique tranquilo" no final, como se  ...isso acontece raramente, se você teve, não vai ter mais, hááá! Tá! Leiam os comentários! Os negos tão igual eu! É sempre, sempre.. há anos! E as alucinações são horríveis, vozes, seres, presenças.

segunda-feira, 11 de março de 2013

Finalmente...

Assistam em HD!


Quero agradecer o funcionário do UOL, amigo da minha irmã, que converteu blu ray para um arquivo em HD. Enquanto um total desconhecido gasta tempo para ajudar em troca de nada, não se pode contar com gente mesquinha e de má vontade que conviveu com você por dois (exaustivos) anos e só se mexe pra fazer merda. As vezes é preciso alguém decente aparecer pra deixar explícito o quanto o outro é podre.

Nam myoho rengue kyo para todos.

sexta-feira, 8 de março de 2013

quarta-feira, 6 de março de 2013

RIP Chorão

Quanto mais tempo passa, mais cai a ficha, mais triste fica.


Sim, eu sou ridicula.

Se fosse só o cabelo bagunçado e o skate...


Mas o Chorão tinha talento, tinha rima, melodia, letras... paixão, questionamentos, revolta, atitude, intensidade.
Cabelo e skate qualquer um tem...

Só os loucos sabem...

Eu fui MUITO fã de Charlie Brown Jr.
E há bastante tempo.

Olha que tosco: eu gravava eles no rádio em fitinha, pra ouvir no Walkman. Tempo depois, eu comprei os CDs, mas meu diskman gastava muita pilha. 

É... outra época.

Cheguei a escrever cartas de amor pro Chorão (que obviamente cheguei a entregar) e postava fotos dele no meu 'fotoblog' da época.


Lembro dele aparecendo no Viva La  Bam e eu indo a loucura com meus idolos reunidos. "It's the shit".

Eu realmente curtia muito, amava as letras, amava demais. 



Lembro de ter brigado furiosamente com um cuzão que uma ex-amiga dissimulada estava paquerando, porque ele  ficou  contando um boato babaca de que o Chorão tinha uma doença, enfim, umondemerda, não vou nem dizer.



Anos depois, quando estreou O Magnata, fui sozinha ao cinema assistir. 

Mas confesso que nos últimos anos, eu não estava mais tão ligada neles.

Mesmo assim, até hoje de manhã, eu tinha convicção de que um dia iria ao show deles.

Muito triste este fim...

terça-feira, 5 de março de 2013

Legendaram o Dahmer

Finalmente vou poder compartilhar algo que - caso vocês queiram - serão capazes de entender, sobre ele...um dos seres mais mencionados neste blog (pelo menos antigamente). Jeffrey Dahmer!