sexta-feira, 26 de abril de 2013

Eu fiz um vídeo...

... Que ia colocar no Youtube hoje. O assunto? Pornografia. Com dica de atores pornôs para meninas que nunca acessaram ou se traumatizaram com os seres que viram em sites de putaria.

Ou seja, além de eu fazer tudo aquilo que comentei de treinar edição e ficar fuçando nos efeitos (do Premiere mesmo, ainda apanho do After Effects), eu escolhi um tema de utilidade pública. Olha como sou altruísta.

Porém, tô muuuuuuito na dúvida se coloco no ar. Eu não consigo falar de nada de uma forma... normal. Eu não consigo gravar um video de 5 minutos sem arrotar. Eu não consigo evitar as caretas de Zacarias com Lloyd Christmas a cada 2 minutos. Se eu cortar tudo isso na edição, acho que nem sobra vídeo.

Outro assunto que eu quis falar, é do Clube das Mulheres. Comecei a gravar, mas tive que parar na metade do vídeo, devido uns problemas não-técnicos e acabei desistindo. Mas como logo no começo o Justin aparecia no meio das vacas, quase disfarçado de uma delas, eu salvei esses trechinhos antes de deletar tudo.

terça-feira, 23 de abril de 2013

sexta-feira, 19 de abril de 2013

I believe in UFOs... since you came along

Toda minha intenção com esses vídeos é "treinar" o que aprendi na faculdade. O certo (e mais chato) seria eu ter feito estágio. Mas não rolou. Too bad, so sad.
Edição não é como andar de bicicleta. Pelo menos não pra mim. Eu já não lembrava de coisas muito, muuuuito básicas e sendo bem honesta, não é como se eu soubesse algo além do básico. Então estava mal, mesmo.
Isso sem falar nas vezes que tô tentando descobrir algo e penso "o professor não devia ter me ensinado isso?". Sim, ele devia. Mas hey, quem precisa de professor hoje em dia se tem tutorial para TUDO no youtube? 
Bom, como eu e o Adalba estávamos comentando esses dias, a sensação é  mais a de que compramos o diploma e DRT em longas e dolorosas parcelas. 

Anyway... do you wanna hear a story about UFOs?

 

Têm vídeos (os que conseguem ser piores) que deixo privados, então, se inscrevam no meu canal, dêem curtir, compartilhem... ou não.

terça-feira, 16 de abril de 2013

Idéia de referência

Se por algum milagre alguém resolver comentar alguma coisa, NÃO escrevam quem vocês imaginam que é a pessoa famosa. Até porque, não é quem vocês pensam.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

A Ascensão do Governador



Terminei de ler A Ascensão do Governador e gostei muito. O livro consegue passar uma tensão legal. Mas eu poderia ter gostado mais, né? Se não fosse por um maldito que resolveu colocar spoiler num comentário de uma foto em uma pagina do TWD que sigo no Facebook. É! Assim, do nada, o cuzão vai lá e em uma frase, entrega qual a revelação no final do livro. Eu estava bem no começo e estragou um pouco da graça, já que essa revelação, além de tudo, acaba tornando outras coisas fáceis de deduzir. Era para eu ter ficado com cara de babaca no último capítulo, sem entender nada até o “twist” final. Mas tiraram isso de mim. Cornos.

No geral, a história conta a trajetória dos irmãos Philip e Brian Blake, Penny (tadinha, dá uma dó) e mais dois amigos, Nick e outro que não me lembro o nome, tentando sobreviver e encontrar um lugar seguro no que seria o início de um apocalipse zumbi. É interessante ler mais sobre como tudo começou, o susto dos primeiros mortos-vivos, as teorias de WTF era aquilo, como eles viviam antes do mundo mudar completamente e de onde surgiram expressões como “biters”.

A impressão que fiquei depois de saber mais sobre a história de vida do Governador, é de que ele não é um psicopata como imaginava. Na verdade, acho que se for para encontrar uma definição mais adequada ao comportamento dele, seria transtorno de estresse pós-traumático... extremo!

Enfim, fãs de TWD com certeza vão curtir. Eu adorei.
Hoje começo O Caminho Para Woodbury, na torcida de que nenhum infeliz estrague o livro pra mim.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

No more I love you's

Vi este vídeo há anos no youtube. Muito tempo mesmo e depois sumiu, mas pelo jeito voltaram atrás e colocaram de novo. Claro, o original é muito melhor, é uma fucking obra de arte, mas este... é engraçadinho



Me lembro deste também, foi a primeira vez que ouvi esta música, acreditem ou não...

Vou tentar resumir tudo que eu quis dizer no vídeo

...E o DDA não me deixou:

Pit bulls são cães com muita força, muita energia. Nas mãos de pessoas erradas, são uma bomba relógio. Uma tragédia anunciada tanto para o dono, quanto o cão - e na maioria das vezes é. Vejo muito mais casos de pit bulls apanhando, sendo torturados, usados em rinhas, do que de ataques!

Há muitos fatores bem óbvios que podem envolver a agressividade do animal: a personalidade dominante, não ser castrado, o ambiente, a forma com que é tratado (creio que até a "humanização" excessiva pode ser um problema pois o cão precisa de um líder, mas enfim, não vou me estender nisso). Não é algo específico da raça, que vem de brinde no gene. A força, a estrutura do cão sim, foi a mistureba criada pelo homem. Mas a personalidade, o comportamento... impossível serem todos iguais.

Eu já ouvi sobre ataques fatais com fila, rottweiler, dogue alemão, doberman (eu mesma já fui atacada por um quando era criança). Mas pit bull é o novo "cão violento da moda". Eu vejo pessoas tão convictas de que esta raça representa o mal e que deve ser exterminada pelo bem da humanidade, como se isso realmente solucionasse a questão, mas saiba, tenha certeza de algo: assim que o pit bull for esquecido, a nossa espécie já vai ter "criado" outro cão, com fama ainda pior, para aterrorizar manchetes sensacionalistas por aí.

"É tudo culpa dos huBanos"


Apenas...

Michael Rooker: sexy sem ser vulgar

domingo, 7 de abril de 2013

Essas pessoas

Sempre acho legal pesquisar sobre essas pessoas. Sou curiosa sobre quem são essas pessoas. Adoro essas pessoas. Eu nunca seria uma dessas pessoas.

Enfim... vi este post e logo em seguida os comentários: http://mundodosatorespornos.blogspot.com.br/2013/02/leonardo-martins-ator-porno.html?zx=9d99cfd937a30ece

Achei hilário.

terça-feira, 2 de abril de 2013

"I can see you've had some college"

Sei que só entra gente trouxa e com mau gosto no meu blog, mas ainda assim, sendo a boa pessoa que sou,  insisto em compartilhar algumas pérolas que encontro pela a internet, mesmo sabendo que podem ser aos porcos, como esta cena do filme Henry: Portrait of a serial Killer