segunda-feira, 29 de setembro de 2008

E lá vai a borderline, pulando de um extremo pro outro, como se brincasse de amarelinha.

Que pé no saco esse lance de faculdade, né? – Pausa pra parar e pensar na expressão “pé no saco”, é um lance dolorido e obviamente de grande incomodo, não precisa ter bolas de fato para saber isso. - A idéia de um ensino superior às vezes me deixa assim... com um pé na tcheca. Um dedo no cu. Outrora parece tão distante, que eu não entendo como isso possa ser algo tão comum. Eu conheço um monte de zé ruelas que estão na faculdade, uma minoria paga do próprio bolso, outra tem ajudinha da família. Pra mim quem recebe ajuda da família pra pagar até o dentista, é cuzão, é pau no cu criado a leite com pêra. Alguns podem dizer “você pensa assim por que não tem quem te ajude”, ok, pode ser que seja, ainda assim, as coisas são como são e é essa é minha opinião.

“Quem é de verdade, sabe quem é de mentira...”

Eu estava vendo algumas mensalidades, alguns programas de bolsa e entre valores absurdos e burocracias ridículas, me desanimei, broxei, o pé no saco esmagou até minha rôla.

Eu nunca tive o sonho de fazer uma faculdade, nunca parei pra pensar nisso quando estava no colégio, nunca ao menos entendi como funcionava, sério mesmo. Ou seja, não é um sonho antigo, nem uma pretensão ou meta que venho tentando atingir. De acordo com novas leis, não significa mais nem mesmo, uma cela individual...

Então pra que fazer uma porra voadora (que te acerta o olho) de uma faculdade? Bom, eu vejo como uma necessidade, um tanto patética, mas difícil achar algo que não seja quando se trata de um país, onde aqueles que tem “acesso” aos estudos bons e gratuitos são em sua maioria, exatamente aqueles com grana o suficiente pra pagar por tal estudo. Não sei se me expressei bem, então vou colocar de outra maneira, um tanto generalizada, mas verdadeira: “só pRayboy entra pra USP”.
.
.
Nesse assunto ainda há outras lamentações como a estúpida cota para negros e tantas outras injustiças. Nem tenho saco/ânimo pra falar de tudo aqui.

Não ir atrás de um estudo superior está me soando mais como um protesto, do que uma falta de condição. Pena que como tal atitude, eu perderia tantas oportunidades no futuro. Afinal... embora existam pessoas na faculdade, que mal sabem soletrar o próprio nome, elas ainda assim, têm vantagens em um processo seletivo, contra quem não tem tal estudo.
Nossa, nunca pensei que perdeiria mais de 2 minutos da minha vida pesando em coisas assim. Vejam bem, eu sou extremamente hedonísta, assuntos desse tipo, me dão vontade de cagar.
Mas não sou hipócrita de negar que estudar em uma boa entidade, seria sim, uma experiência interessante e válida.
Em resumo, o que posso dizer, é que para alguns o maior dilema e a grande dificuldade, não é escolher que área seguir, mas simplesmente como seguir. Têm horas que parecem não haver opções de caminhos pela frente.
E ainda assim o coelho branco insiste em gritar pra mim... "é tarde, é tarde..."


Ilustrações by me, feitas em 06 de fevereiro desse ano.
Oito meses depois, minha visão ainda é a mesma.

Meu passado me condena...

Quem já nasce artista só faz merda... UHAUAHAUAH - claro -
Jackass do subúrbio

Carandiru na Cidade de Deus

domingo, 28 de setembro de 2008

My bitches

Adivinha onde essas fotos lindas [Deus, permitam que percebam que estou sendo irônica] foram tiradas? UAHAUAHAUHAhauhaauahauhauahauahaua
Bom, vou postar algumas aqui...

Exceto as da praça de alimentação, que vão pro http://fotolog.com/gordelicious

Moi, Gue e Bah Seado


Doki e eu



Só eu e Bah Lisa sobrevivemos ao corte, rs...



Acha que tirou foto com meu colar, né! (???)


Por que o importante não é só sair de bicudo na foto, mas sair com estilo!



Pose "orkut de Gentili"


Percebam a admiração de Bah Tuque e Glê, com minha bunda ao fundo...


Claro que depois compramos todas as roupas, claro...



Encoxa mais gatcheeenha!


Avulsas?


Porno Pow

Jogue você também!


video

sábado, 27 de setembro de 2008

Saca só...

.

Nazuza diz:
terminei meu relacionamento :(

Nazuza diz:
com o danilo.... ;(

Helô diz:
que relacionamento?

Helô diz:
quem eh danilo??

Nazuza diz:
meu ex-amor...

Nazuza diz:
quero q ele morra.......

Helô diz:
de q buraco ele saiu?

Nazuza diz:
mentira

Helô diz:
ai que tosca

Nazuza diz:
do buraco negro

Nazuza diz:
do inferno

Helô diz:
hueheueheu

Helô diz:
serio

Helô diz:
quem eh danilo?

Nazuza diz:
meu ex-futuro marido

Helô diz:
mas vc tava ficando cm ele?

Nazuza diz:
estava quase casando...

Helô diz:
nathalia!!!

Helô diz:

fala serio!

Nazuza diz:
é sério, nossa... acha q eu to exagerando? eu o amava... mas acabou, juro, acabou!

Helô diz:
eu perguntei se vc tava ficando cm ele

Nazuza diz:
ficar não é a palvra, ficar é coisa de piriguete

Nazuza diz:
ele me traiu!!!!!!

Helô diz:
mas vc ainda num me respondeu

Nazuza diz:
hj é aniversário dele...

Nazuza diz:
o que???

Helô diz:
se vc estava trocando fluidos e caricias cm ele

Nazuza diz:
estava trocando até o all star

Helô diz:
e pq vc num falou dele pra mim

Nazuza diz:
falei... acho... err

Nazuza diz:
nao faz mais diferença memso :(

Helô diz:
e de onde ele eh?

Nazuza diz:
ele era de sto andré, mas agora tá em sao paulo

Helô diz:
vc conheceu ele pela net?

Nazuza diz:
foi... ele fez faculdade de publicidade..

Nazuza diz:
e tal

Helô diz:
qntos anos?

Nazuza diz:
na uniabc, nao é a toa q ele é um merda

Helô diz:
uheueheuheueheu

Helô diz:
me passa o link do ork dele

Nazuza diz:
acho que 28 rsrsrsr

Nazuza diz:
vc vai rir se eu mandar uahauahaua

Helô diz:
manda

Nazuza diz:

ele é feio, branquelo e tem uma verruga no joelho kkkk

Helô diz:
deixa eu ver

Nazuza diz:
nao tem foto da verruga

Nazuza diz:
e como posso dizer... ele é

Helô diz:
feio

Helô diz:
tah

Helô diz:
deixa eu ver

Nazuza diz:
nao é feio

Nazuza diz:
tanto q tem puta chovendo de todos os lados

Nazuza diz:
antes de mais nada, lembre-se, ele não é mto normal...
http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=15558579326334605892

Nazuza diz:
helo?

Nazuza diz:
vc ainda tá aí?

Helô diz:
ai nathy..ele parece ser gatinho.....

Helô diz:
e ele te traiu?

Nazuza diz:
nem importa

Helô diz:
pq vc num tem ele add no seu ork?

Helô diz:
jah excluiu?

Nazuza diz:
foi... ele ficou pop e tem um monte de biscate dando em cima dele

Nazuza diz:
nem chegay a add... já começou tudo errado

Nazuza diz:
vc achou ele gatinho é?

Nazuza diz:
nao entendo como ele se acha feio, com tanta bisca achando ele bonito, deve ser charme...

Nazuza diz:
e nao q vc seja bisca

Nazuza diz:
pq ai eu tb seria

Nazuza diz:
mae? vamos deixar extremamente em off, okay??

Helô diz:
tah...


Helô diz:
sabe cm quem ele parece


Helô diz:
aquele cara do cqc


Nazuza diz:
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Helô diz:
o danilo....gentile


Nazuza diz:
é com "i"


Nazuza diz:
coincidencia, né? hehehe


Helô diz:
hauhauahauahauhauah


Helô diz:
sabia...


Nazuza diz:
vc caiu na pegadinha do malandro... ráááááá
essa vai pro meu blog, ok??? sua reação foi ótima...


Helô diz:
heuheuehue


Nazuza diz:
eu tava copiado toda a conversa (exceto algumas partes mais pessoais)



Helô diz:
eu sabia..qndo vc me mostrou.....tipo o album num diz mta coisa...mas qndo eu vi a comu dele


Helô diz:
vixxi


Helô diz:
heuheuheu


Nazuza diz:
achei q vc ia sacar de cara, mas qdo parecia estar acreditando eu falei... vamos ver até onde isso vai


Nazuza diz:
kkkkk


Helô diz:
se vc tivesse mesmo jah teria aberto o jogo


Nazuza diz:
hehehe


Helô diz:
ningeum conhece uma pessoa pela net e num add pq num dah tempo


Nazuza diz:
kkkk


Helô diz:
ainda mais vc q faz uma mega seleção dos bofes


Nazuza diz:
kkkkkkkkkkk


Nazuza diz:
não tem como mentir pra propria mãe, olha só, vc me conhece melhor do que eu


___________________________________________________________________

UAHAUAHAUHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAU
Meus agradecimentos a mais uma participação genial de Heloísa Tibério nesse blog, ela que já revelou alguns hábitos controversos em um bate papo postado aqui, agora demonstra que mãe é mãe, não tem como enganar! - gente, juro, ela mal assiste CQC pra saber quem era o cara UAHAUAHAUAHUA! -


P.S.: Glê, você é minha cumplice nessa :
"iventa que ele te traiu...
hahahahahahaRRRRRRRAAAAAAAAIIIIII
AAAAAAAAIIIIIIIIII!!!! vamos agora às notícias sobre esporte
"
P.S.2:
Helô diz:
tua cornea tah bacana?

Nazuza diz:
tá linda... meu olho tá pendurando por uma veia balançando na minha cara

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

O de cima sobe e o de baixo desce

Hoje eu estava indo trabalhar, quando passei pelo viaduto da 9 de Julho, aquele da praça 14 Bis. Quem conhece, sabe que é barra pesada esse local.
.
Um morador de rua, todo fodido, veio me pedir 40 centavos. Pensei "coitado, talvez ele esteja juntando pra comprar comida", mas quando ele viu que eu lhe daria a esmola, ficou tão feliz que meu pensamento mundou para "certeza que ele vai comprar droga!" UAHAUAHAUAH
Entreguei 50 centavos e disse "vê se não vai cheirar tudo de uma vez...". Ok, ok... não cheguei a dizer, mas pensei. Logo depois, vi um velhinho empurrando uma carreta, (não sei como ele tinha forças pra fazer aquilo) e não estava pedindo dinheiro, talvez até se ofendesse se alguém quisesse lhe dar, mas essa foi minha vontade. Era o tipo de pessoa que você consegue notar que não gasta o misero dinheiro que consegue com vícios, ou coisas do tipo. Me senti mal. Principalmente, por que como disse em um post passado, tenho gastado muito dinheiro no meu almoço... não por vontade própria ou luxo, é que só tem lugar caro por aqui. Hoje comi dois rolls mexicanos e uma coca-cola... e o valor? R$18,00! Quando na minha vida que eu gastaria 9 dollars (é mais ou menos isso, né?) com um simples almoço? Senti vontade de destrair o caixa e sair correndo UAHAUAHAUAHA, mas depois do choque, paguei aquela porra, de coração pobre e partido e fui embora me sentindo "roubada".

Até quando você vai ficar usando rédea
Pobre, rico ou classe média?
Gabriel, o Pensador


Êêê desigualdade filha da puta. Tô pensando mais do que nunca em me envolver em algum projeto social... tentar achar esperança e bondade nesse mundo contaminado.



P.S.: Vi uma mendiga de cabelo descolorido. Quem nasce pra ser loira, sempre dá um jeito... hehe

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Uma vez...

...Eu escrevi aqui, que é da descrença das pessoas em mim, que eu tiro forças para seguir em frente. Tempos depois, vejo que ainda terei que usar esse método. Se eu pudesse, faria uma camiseta "Believe in me, you'll be better on my side!". Que erro esse de me subestimar.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Sup?

Dor de cabeça constante. Tenho sentido muita dor de cabeça. E olha que as coisas nem estão tão ruins. Não tenho problemas sérios no momento, são só aqueles pequenos pesares que ficam latejando na mente de uma pessoa com lua em virgem (signo detalhista - eu acredito em astrologia, se vocês não, who cares? -). Mais uma vez, não se trata necessariamente da vida social e sim da pessoal. Mas quando digo isso não me refiro a minha família ou amores (até porque, esse 2º eu nem tenho) e sim o pessoal de eu, com eu mesma. E esse meu humor que ocila de forma absurda entre o mais patético pessimismo e o mais ilusivo otimismo. Assim, num piscar de olhos. Em um minuto, ou até mesmo segundo, eu sei, sei que quero morrer, no outro, tenho a certeza de que tudo vai ficar bem, tudo está bem, por que eu queria morrer mesmo? Meu Deus, como alguém pode viver, passar o dia inteirinho em uma montanha russa dessas? Não há cabeça que aguente, é claro que eu sinto dor...

"O tempo passa e um dia a gente aprende, hoje eu sei realmente o que faz a minha mente, eu vi o tempo passar e pouca coisa mudar então tomei um caminho diferente..."
Esse estress e ansiedade contidos e reprimidos, às vezes parecem que vão pular pela minha garganta feito um sapo. Tô olhando o semáfaro pra atravessar a rua, uma vez que já percebi que posso andar e não há outro dilema na minha cabeça, sinto vontade de gritar. Volto aos detalhes que realmente me irritam, que não são tão faceis de entender com uma simples troca de cores e então desejo GRITAR e rir da reação das pessoas na rua. "Ela deve ser louca..."
Mal sabem eles...
Hoje a bateria do meu MP4 acabou e eu fui obrigada a encontrar uma maneira alternativa de ocupar meu cerébro na volta pra casa, de quase 1 hora no metrô (assombrado é claro). E reparei em algo que até aquele momento, eu fazia inconscientemente: quando alguém me vê e diz "oi, tudo bem?", eu nunca respondo "tudo". Não gosto de mentir nem em coisas banais. Como assim tudo bem? Nunca que tu-do vai estar bem. Não importa que vida você vive, sempre vai haver algo fora do planejado, algo que não te agrade. "TUDO BEM", oras que exagero...
Respondo "tá tudo normal" afinal, não há porcos voando, ou se tenho intimidade com a pessoa "tudo a mesma merda". Hoje em dia, acho que posso mudar o repertório pra "é, tá tudo indo..." e está mesmo. Só não sei pra onde.
Quantas mudanças de uma hora pra outra. Mais do que esperava...
que fase/vida irônica não?
É isso...

sábado, 20 de setembro de 2008

Nasce mais uma "estrela" através da internet

O poc poc, Chris Crocker. O que mais me dói, é que ele como "homem" é um puta gato! Não que ele fique mal caracterizado de mulher... é mais bonito que eu um dia posso ser.
Seu primeiro destaque na internet:
LEAVE BRITNEY ALONE!

Cara, a parte que mais me indaga é essa:
"Leave Britney Spears alone right now! I mean it! Anyone who has a problem with her, you deal with me because she's not well right now"
"Deixe a Britney Spears em paz agora! Falo sério! Qualquer um que tenha um problema com ela, acerte comigo, por que ela não está bem nesse momento"
Tipo... ok. Fico imaginando, na mente de Chris Crocker, qual seria a reação dos paparazzos ao tomarem conhecimento desse apelo...
"Já que você, garoto andrógeno, colocou esse vídeo no youtube, vou obecer, afinal, como você frisou, estava falando sério! Então é o seguinte, quero tirar fotos dela sem calcinha, se não der, pelo menos sem sutiã, posso passar aí na sua casa pra gente discutir essa possibilidade?"
Anyway... cerca de um ano depois, o single, nada mal e claramente inspirado em sua musa:
MIND IN THE GUTTER



Its Chris Crocker (itschriscrocker)
Forgive Me Father, for I have sinned.
Theres just something inside of me that
I cant hold back any longer.
Maybe the rumors are true.
Maybe I am crazy.
Também recomendo que vejam os outros vídeos dele, tem um hilário "Eat My Cornhole". http://www.youtube.com/user/itschriscrocker
Esse menino me lembra muito o filme Party Monster!

Sempre tem alguém idiota o bastante, né?



A foto tá em uma qualidade tão escrota, que parece ser tudo um photoshop barato, mas a única coisa feita no PC foi o chapéu de cowgirl, de resto, para a vergonha dos meus amigos presentes no dia e a irritação do segurança, é tudo real.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Alta Ansiedade

Escrevi esse texto há algumas semanas. Tudo que consigo pensar hoje é "cuidado com o que deseja, pois pode se realizar..."

I wish I could throw everything away and get all new things! I’m not saying this in a material way, well, that way too… But what I mean is that I really wanna change, I feel like I already am, and it’s something necessary. The feeling of a new beginning…

“So find a new lifestyle, a reason to smile, look for nirvana…”

Yeah… also look for better friends, better lovers, better meals… haha
Oh man, I’m sounding like the intro of Trainspotting, but that’s how I feel…
I’m even thinking of creating a new fotolog, ‘cause when I started posting on /nazuza, it was the worse phase of my life, so it would be kinda cool to get rid of that!

I just wanna make things worth some more!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

loucura?

olha, ele disse, admita.

o quê? perguntei.

quando você vê aquela gorda

no supermercado que está

escolhendo laranjas, não

se sente a fim de ir lá e

espremer aquelas ancas feias

bem forte

apenas para ouvi-la gritar?

do que diabos você está falando,

cara? perguntei.

e quando o garçom te traz

teu jantar, não pensa

por um instante que poderia

matá-lo?

não antes do jantar, respondi.

o que estou querendo dizer com isso,

ele continuou,

é que há uma linha muito tênue

entre o que chamamos sanidade e

o que chamamos loucura

e que o esforço que fazemos para

permanecer no lado são

só é feito para que não sejamos

punidos pela

sociedade.

senão, iríamos

frequentemente cruzar essa linha e

as coisas seriam muito mais

interessantes

eu não sei do que diabos

você está falando, cara,

eu disse a ele.

ele apenas suspirou, me olhou

e disse, deixa pra lá, amigo.



Charles Bukowski

Domingo de feira...

PICTURES!

Imagens falam mais do que mil palavras e como vocês podem ver pelas fotos, não tinhamos muito a dizer... UAHAUAHAUAHAU


Mell Dels, Glê Herself, Nazuza e Bah Seado


Glê e Naza - nos conhecemos sem o mundo acabar, então não se preocupem com as possibilidades de um buraco negro devido ao LHC!



Cuidado, estou armada! Bah Suka e eu...


Meu desenho... obs.: meu piercing parece uma verruga!


Novo programa da MTV "Era de Aquário, agora sou de Libra"


Nazuza perneta?


Criaturas meigas... porém profissionais em pornô pow.


Mauro pensando "humm cadê a simetria nesse rosto? Sou caricaturista, não Picasso!!

Meu all star merece uma foto só pra ele ;)


Nah, Gue, Meh e Bah... Nxzeroaesquerda
(tô em cima de uma plataforma, não sou o Rafinha Bastos)

Feira Guia do Estudante II

O negócio, foi tipo, há 10 anos e só agora eu vindo postar decentemente...
Bem, qualquer pré-universitário e universitário que se preze sabe de que evento estou falando. A princípio, eu ia como visitante, mas em cima da hora, surgiu uma ótima oportunidade de ir a trabalho.

Mas enfim, vou fazer o seguinte, colocar as fotos e ir escrevendo o que eu me lembro, pois o d.d.a. aqui é braBo! Preciso mesmo de um diário, nem que seja virtual, pra poder lembrar as coisas que fiz... caso contrário, fica difícil.



Café da manhã, no Mc Donalds. Minha irmã foi muito gentil... hahaha
Comi um... err... como que era o nome mesmo??? Tostado?? Acho que é isso! Di-li-ça! E suco de maracujá...



E foi nessa hora que eu descobri duas coisas que iriam me incomodar durante o dia:


* havia esquecido minha máquina em casa, foto só com celular - bosta! -
* e o estado do meu cabelo - uma chinchila com sarna -




Essa é a tal "sala de imprensa", onde eu trabalhei... qualquer jornalista, fotógrafo, palestrante e famosinho que fosse à feira, passava por essa sala. Tinha um fotóografo muito parecido com o jogador Diego (aquele que era do Santos). Quase fiz a louca achando que era ele de fato, muito gatcheeenho. Se bem que uma hora ele começou a cantar (tirando um sarro) "E..e..emael, um democrata cristão!" o que me deixou puta da vida, pois fui pra casa e acordei no outro dia com essa música na cabeça!


A credencial! Hehehe...

Eu pude entrar nas palestras, a hora que eu bem quis e sem pegar fila, é claro... Finalmente entendi a animaÇAO do pessoal do Pânico na TV, quando conseguem essa porra de crachá! UhUAHAUA!

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Feira Guia do Estudante III

Eis que quem eu esperava, chegou... a careca mais genial do Brasil! Marcelo Tas...

Entrou na sala e cumprimentou geral, inclusive a chinchila com sarna lá presente. A princípio, achei ele meio sério, mas aí pensei: porra, ele não é uma personagem que vai chegando e dizendo "rapaaaaaaaaaaz".






Então, falei com um fotógrafo meio perdido, que eu havia ajudado antes e pedi pra ele bater uma foto minha com o Tas! Hehehehe...



No meu horário de almoço, fui assistir a palestra dele, que na boa, mudou minha vida, sem exageros, haha.

Ele disse algo que eu queria e precisava ouvir. Disse uma frase que eu não poderia ter ouvido em melhor momento na minha vida... Parecia que foi dita pra mim, cara! O Tas é pai de santo, na boa! Uhauahauahauah...





De volta pra sala, ele estava voltando pra lá também, ficou dando entrevistas (que eu gravei com o celular, mas não tô conseguindo passar pro PC! ¬¬) e batendo papo, com ninguém menos que Alice Braga...

Eu ia tirar foto com ela, mas não queria chegar com meu V3 capinha de strass. Então deixei pra lá, beleza, por que ela é minuscula, magra e baixinha... eu ia parecer um monstro-3-metros-de-banha ao lado dela.



Sei que já contei essa história pra todo mundo, mas é meu blog, tenho que contar aqui também... Antes do Tas ir embora, ele me viu com cara de stalker retardada, observando ele dar entrevistas e tirar fotos. De duas, uma: ou ele percebeu que sou muito fã, ou achou que eu tinha problemas mentais... Então pegou na minha mão, deu um beijo e disse "tchau bonitinha".
Mahhh oeeeeeeeeeeee!

Depois vi a palestra do Justus, com o Otávio Mesquita. Nota: o Justus têm pés enormes e parece o Ken (da Barbie) grisalho e o Mesquita é hilário. Uma hora eu olhou pra minha cara um tempo, acho que estava pensando "isso é que dá sair de moto com o cabelo molhado!".


quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Update

Engraçado, esses dias estava pensando sobre o que minha vida se tornou, como ela é atualmente e por melhor ou pior que seja, até onde é minha culpa que ela esteja assim. E hoje me caiu a ficha de como certas coisas mudaram e eu nem tinha percebido. Tive uma semana corrida e com certas surpresas não muito agradáveis... que vão desde uma infecção que surgiu do nada, até em descobrir hoje, no oftamologista, que meu problema de visão vai além de um simples óculos... estou com um problema degenerativo na córnea. Mas, sem pré-ocupações, ainda tenho alguns exames pela frente, nada de conclusões precipitadas. Sem falar que um olho já tá bom. Quem precisa de dois afinal? Uahauahau...
Bom, vou terminando por aqui, já que eu tenho um monte de coisa pra fazer (inclusive uma escova, sendo que meu cabelo já secou ¬¬) e amanhã saio de casa as 6h da manhã, pra voltar lá pras 20hs. Ou seja... "mana correria".
E Glê Herself (preciso te apresentar o Rabb Himself), hoje a noite entro no msn, se você não estiver on, nos falamos por e-mail. Obrigada pela compreensão, amore! S2
E stalkers, vão tomar no cu ou comentem! Descobri que até o Jeanta passa por aqui (sério!)... Não sabia nem que o menino tinha aprendido ler.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

O "bruuuógh"

São 4:03 da madrugada (o relógio do blog marca 3:56). O Jeanta tá que nem louco jogando Mário, pois se sentiu ofendido por eu não ter acreditado no "super player" e disse que vai fazer a mensagem aparecer de novo. Mas o post não é sobre isso...
Well... Há alguns minutos meu estômago fez um daqueles barulhos sensuais, sabe? Um "bruuuógh". Daí beleza, achei que só eu tinha ouvido... até que:

- Você peidou!
- Peidei nada, mano! Meu estômago que fez barulho!
- Peidou sim!
- Peidei o caralho, se eu tivesse peidado eu assumia, aliás, eu tinha peidado na sua cara!

(...)

Essa "discussão" com o Jeanta me fez pensar... Será que todas as centenas de vezes que minha barriga fez "bruuuógh", as pessoas que estavam perto de mim ouviram? E pior, será que elas acharam que o barulho foi na verdade uma bufa?

Filosofias e questionamentos que nós só fazemos próximo ao fim do mundo.

WE'RE ALIVE!

Okay... okay...

O mundo ainda não acabou, mas como diria a Glê... me deu a louca e eu comecei a postar um monte de coisa, afinal os cientistas tem Setembro e até Outubro pela frente para darem origem ao novo buraco negro! Então 'bora registrar qualquer merda aqui!

Eu inclusive já fiz minha lista de coisas para fazer antes de bater as botas. Uma delas e passar pro Mundo 8 no Mário Forever (algo de importância incalculável). E sim, eu ainda no 7! Mas é difícil, mew! ¬¬

Aliás, eu tava lembrando das minhas manias ao jogar Mário...
Tipo, todo mundo que joga vídeo game tem suas peculiaridades, algumas pessoas se movem com o controle, outras acham que tem mais sorte jogando peladas (sério), já o meu lance é outro...

Quando eu faço algum truque ou movimento sagaz (hauahaua) costumo falar... " manoooo, PROFISSIONAAAAL... profissional...do seQUIxo!!!!!!!!!"! uHUAHAUAHAUAHAUA Quem começou com isso foi o Jean!
E quando eu passo de tela mesmo, começo a cantar "IHHHHHHH MANO BROWN QUEM É ESSE MANO MASCARADO???" UAHAUAHAUAHA

São manias incontroláveis, toscas e sem sentido algum!

E se é o Jean quem passa de mundo (por um milagre, pois ele se diz nomeado pelo Mário Bros como "superplayer" - sem zuera, ele disse que uma vez apareceu isso pra ele na tela! Acho mais fácil ter aparecido "sex professional") aí eu chacoalho a cabeça dele pelas orelhas!

Enfim... vida de quem não tem o que fazer... ainda, ?
Se bem que só vou começar a fazer planos pro futuro em Novembro. Acho mais sensato.

LHC

eu e o Jean, meio que em pânico aqui. Em 2hrs o mundo vai acabar...
Se você estiver lendo isso, parabéns, você é um sobrevivente!
A gente tá pensando em escrever um livro de última hora, onde nos colocamos como profetas e deuses! E impomos regras que se não cumpridas, resultaram em uma eternidade de sofrimento. Para que assim, no futuro ao encontrarem nossos relatos, passem a nos temer e criem templos para nos louvar! Se pá, na tecnologia, nos tragam de volta a vida!

"Mano.. coloca todos os hot pockets no microondas, que não temos muito tempo!"




O Jean tá reclamando que nunca pilotou um carro de fórmula 1!

Já era... big bang theory it's on mothafucka!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Fantasmas no metrô(?)

Sabe o tópico "Nazuza x Metrô"? Pois bem, creio que eu estava certa há um tempo, de achar o metrô um meio de transporte "sombrio", mas talvez por não saber o motivo de tal "medjeeenho", associava ao filme Ghost, rs... Digo isso pois encontrei esse tópico aqui: http://www.orkut.com.br/CommMsgs.aspx?cmm=258576&tid=2552498982413834282&kw=fantasmas, onde funcionários do metrô (siiim!) contam suas experiências com o "sobrenatural", hehe e juram que há algo de errado com a linha 1, principalmente na estação Ana Rosa. Como diria Danilo Gentili "muito, muito mistério".
Aff, tinha achado um outro tópico horrível, sobre acidentes e fiquei chocada. O metrô é igual Playcenter (trabalhei lá) e Hopi-Hari, abafam os casos de acidentes que é uma beleza... Depois dos relatos que li, deu até medo de me imaginar na plataforma... Nessas horas eu vejo o verdadeiro valor de uma bicicleta!

A Triste Trajetória de Léo Peidão

Há anos que eu conheço essa (quase famosa) história e chegou a hora de compartilhar ela com vocês!

Léo Peidão começou a deixar a sua "marca negra" nesse mundo antes mesmo de nascer. No ato da concepção, o pai de Léo Peidão, no alge do ato sexual, começou a gritar o nome de sua amante: Marieta Fim-de-Noite. É claro que a sua mãe (não a sua, a do Léo), ficou muito magoada com o evento, mas como era uma mulher humilde e submissa ao marido, ficou em silêncio, amaldiçoando a futura cria que poderia ser fruto daquele momento. A merda estava feita!!

No dia de seu nascimento, vários fatos marcaram aquela trágica data. A mãe de Léo Peidão morreu durante o parto. Ela sofria de uma prisão de ventre que durava 9 meses (terminara exatamente naquele momento). Léo Peidão nasceu numa pequena cidade do estado do Rio, numa sexta-feira treze, em agosto. Reza a lenda que Léo Peidão nasceu pelo pé esquerdo, e que estava rindo quando foi retirado da mãe morta. É claro que isso não passa de lenda, pois isso seria o suficiente para acusar o menino de "Filho do Tinhoso", ou "Anticristo", ou "Rebento do Capeta"... e atirá-lo ao rio

O menino cresceu forte e sadio, apesar de todas a mazelas que atingiram a família desde a sua chegada. O irmão mais velho foi atropelado pelo caminhão de leite quando foi pegar o bebê (Léo Peidão com 2 anos) que atravessara a rua sozinho num momento de descuido. Depois que Léo Peidão (com 8 anos) abrira as porteiras da fazenda do patrão de seu pai, fazendo com que o gado morresse afogado na "Grande Enchente de 82", seu pai nunca mais conseguiu um emprego fixo em uma fazenda. As irmãs de Léo se tornaram prostitutas em uma cidade grande depois que seus noivos (rapazes bons e de família) morreram ao cair com a carroça no rio. Dizem que os cavalos se assustaram quando Léo Peidão (então com 12 anos) caíra de um pé de manga que ficava na beirada da estrada (Léo não sofrera nenhum arranhão).

O avô materno morrera asfixiado quando Léo Peidão (com 13 anos) levara sua máscara de nebulização para escola a fim de mostrar à professora (posso imaginar o pobre velho agonizando com a última gota de ar que tinha em seus pulmões: "d...d...devolve moleque desgraçado!!!"). A amante de seu pai, Marieta Fim-de-Noite, transformou-se em Irmã Beneditina, depois de ver a imagem de Jesus Cristo se mexer no altar da Matriz (na verdade, Léo Peidão, então com 15 anos, escondera atrás da imagem ao fugir do padre após ter deixado as hóstias da missa caírem no galinheiro).
Como o leitor pôde ver, o rapaz continha alguma coisa que atraía desgraças à sua família e aos amigos.

O menino cresceu solitário. A única namorada, uma bela moçoila, morreu em virtude de uma febre fulminante que a pegou ao ficar sob uma chuva com Léo Peidão (o guarda-chuva dele emperrou). O pai de Léo Peidão morreu de alívio (literalmente) quando seu filho decidiu tentar a sorte no Rio de Janeiro ao completar a maior idade. A cidade inteira foi até o ponto do ônibus para ter certeza de que ele iria realmente embora.

Depois de 3 pneus furados e uma égua atropelada; finalmente o ônibus chegou ao Rio de Janeiro. O rapaz ficou maravilhado com a grandiosidade da cidade, com as praias, as pessoas, os carros, os prédios, as favelas, o lixo... Depois de apenas quinze minutos no Rio, foi assaltado. Mas a "estrela negra" de Léo brilhou mais uma vez, quando os pobres delinqüentes fugiam com suas malas, parte de uma obra desmoronou sobre os meliantes, esmagando-os na hora. Léo Peidão pôde assim reaver seus pertences.
Imagine o egrégio leitor: um rapaz humilde, ingênuo, pobre e com um "encosto" deste no caos que é o Rio de Janeiro. Vagou durante horas pelas ruas da "Cidade Maravilhosa" (quem disse isso estava em um avião) até chegar na famigerada Praça 15.
Qualquer pessoa que conheça a Praça 15, sabe que, principalmente a noite, não se trata de uma lugar aconselhável para uma reunião de família, muito menos para se formar uma. Léo Peidão procurou muito entre Cabarés, Botequins, Boites e "Suadouros", um Hotel para repousar. Existe vários estabelecimentos na região que não podem ser considerados hotéis; não por pessoas de visão curta como nós. São hotéis que prezam amizade sem compromisso, o encargos não são diários, e sim horários. Esses hotéis possuem uma pastoral que prega a relação íntima entre homens e mulheres com mulheres e homens com outros homens, todos de uma vez ou fazendo fila, um atrás do outro...essas coisas!
Léo Peidão, que era muito religioso, escolheu um hotel pelo belo nome Bíblico: "Madalena de Sodoma". Ao adentrar pelo Saguão do Hotel, Léo Peidão levou um choque. Toda a escória da sociedade estava presente ao saguão: prostitutas, traficantes, ladrões, cafetinas, estelionatários, advogados, músicos de Reagge, fanáticos religiosos, despachantes, escritores de contos de terror e políticos. Léo Peidão tentou ignorar aquele ambiente e se dirigiu ao balcão.
Um imigrante coreano, que parecia ser o dono do Mafuá lhe atendeu com um sotaque carregado:
- Pagamento adiantado! Disse o coreano.
- Tudo bem meu bom homem! Onde assino? Léo disse com benevolência.
- Aqui! O coreano que se chamava Li Bo Tei apontou com o dedo na linha pontilhada do grande livro de registros do Hotel Madalena Sodoma.
Mas ao assinar o documento, a "estrela negra" de Léo Peidão fudeu novamente.
Um enxame de policiais civis entraram no "sovaco de cobra" atirando e perguntando depois. Foi uma balbúrdia, um pandemônio. Pessoas correndo e gritando por todos os lados, alguns traficantes e advogados revidaram os tiros, a polícia subia as escadas atirando em tudo que se movia, o cacete "descia" sem cerimônia, uma freira que estava no saguão tentando converter algumas das "funcionárias" do hotel levou um tiro de escopeta da nuca. Cenas de violência e morte por todos os lados. Um traficante teve sua parte inferior da unha perfurada por uma ferpa de madeira. Léo Peidão só teve tempo de pular o balcão e se esconder com o coreano. Não demorou muito para tudo se acalmar. Logo todos foram levados para a delegacia (alguns para o IML), inclusive o pobre Léo Peidão.
Léo Peidão estava desolado. Estava no Rio a apenas algumas horas e já assistira várias cenas de violência explícita. E agora estava a caminho da Delegacia...O que o seu pai diria disso? Com certeza diria: "Coitados dos Policiais".
No Distrito Policial, Léo Peidão conheceu um homem que julgava existir apenas nos livros de terror. O Delegado Lobinho Quiquito se aproximou da torpe que chegava e disse:
- Caralha!!! O que essa ralé está fazendo aqui no meu Distrito?
- Doutor Delegado, nós não fizemos nada!! Disse uma das mundanas.
- Lúcio!!! Lúcio!!! Tira esse pessoal daqui!!! Leva todo mundo pra gaiola!!! Afinal? Quem senta na cadeira que gira aqui??? Eu!!!!!
- Mas seu Quiquito!!! Tentou argumentar o coreano dono do Hotel.
- Caceta!!! Cale-se, senão serei Brutal, Bruno Brutal com você!! Vociferou o Delegado.
Léo Peidão assistiu aquilo tudo com muita tristeza. Não quis se meter em mais nenhuma encrenca e foi pacificamente para o xadrez. Mas o encauto Delegado Lobinho Bananinha (outro apelido) não poderia imaginar que estaria assinando sua sentença.
Assim que Léo Peidão pisou na sela, uma bomba explodiu em uma das selas!!! Era uma rebelião de presos (mais uma) que estava sendo preparada a vários meses e que escolheram aquele exato momento para começar. Vários corpos de policias foram despedaçados com a explosão. Na confusão, muitos presos agarraram os guardas e começou o tiroteio. Outro inferno começara!! Pessoas que passavam na rua entraram correndo para dentro da Delegacia para participar da carnificina. Tiros, bombas de gás, cassetetes, mordida na orelha!! Tudo valia. Algumas viaturas da polícia chegaram e começaram a atirar. As cenas seguintes ultrapassaram o limite da violência. O Carandiru perto daquilo que virou o Distrito Policial do Delegado Quiquito, pareceu com uma colônia de férias. Pilhas de mortos e feridos eram arremessados pelas janelas.No meio da confusão, Léo Peidão fugiu. O pobre coreano Li Bo Tei foi confundido com um cadáver e foi defenestrado do 3º andar (agora sim era um cadáver). O Delegado Baby conseguiu fugir vestido de mulher pela portas dos fundos. Só com a chegada do Esquadrão de Extermínio da Polícia Militar, a rebelião foi contida.
Léo Peidão sabia que todas aquelas desgraças eram frutos de seu "encosto". Léo Peidão (que recebeu esse apelido depois de matar involuntariamente um homem em um elevador, ao qual ficaram presos juntos), resolvido a dar um basta nessa loucura, cansado de levar desgraça e sofrimento à todos que cruzam seu caminho, resolveu fugir para o interior de Minas Gerais. Mudou de nome (o "P" de Peidão permanece), mudou de cara com uma plástica (o cirurgião morreu de câncer) e resolveu levar uma vida incógnita como escritor de histórias imbecis na Internet. 


Do site Assustador. Há alguns anos este site era sensação. Hoje em dia, 
não é mais novidade, além de cheio de vírus.
O Léu Peidão que deve atualizar ele.

Nazuza quer chocolate!!!


Pra quem não entendeu, me refiro as minhas fortes semelhanças nessa foto (e pessoalmente) com a persongem (sim "a", pois personagem vem do latim, persona - meu blog também é cultura - que parêntese grande, já perdi meu raciocínio)... err... onde eu estava? Ahhh... a personagem de Goonies, chamado Sloth... Ainda não ligou os fatos? Hehe! Veja o vídeo abaixo...

Irmão gêmeo!

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Como diria Mano Brown...

Mato o tempo pra ele não me matá!
video
Faltou um "to rain" no final, que ficou cortado ¬¬

Nazuza x Metrô

Sempre gostei de andar de metrô - how stupid -
Quando eu era pequena, achava algo meio sombrio e mongamente emocionante, por que me lembrava muito aquele filme Ghost (sabe a cena dos espíritos nos vagões, então...). Passou um tempo e eu comecei a gostar por outros motivos, como o fato de sempre me deparar com algum individuo bizarro ou gatcheeenho. Até que eu fiz 17 anos e tive que utilizar metrô todos os dias para trabalhar e pior, em horário de rush! Barra Funda as 18 hrs é a mesma coisa que um evento de dança das cadeiras (um tanto acirrado e violento!).
Daí me acostumei com tudo... perdeu a graça pra mim, metrô não é mais sombrio, nem mongamente emocionante, nem me espanto com os seres bizarros e muito menos encontro algum gatcheenho para o meu viewing plesure. Nem tropeçar e cambalear com a inércia tem mais seu lado vergonhoso... é rotina!

Se bem que esses dias eu dei de cara com esse tiozinho, assim que entrei e sentei...

Se liga na peruca do maluco! Eu tinha que fotografar com o meu celular, cara! Tinha que compartilhar a graça que me resta desse transporte público e fedorento, com vocês... caros milhares de leitores!



Será que está visível? Aposto que é essa mina dele, que além de o fazer segurar a bolsa dela, ainda o faz usar essa tigela aí na cabeça!
.
P.S.: Certeza que já teve neguim que tirou foto minha e postou no blog falando "mano, olha o Jay Leno de peruca loira lá na estação Santa Cecília!"

sábado, 6 de setembro de 2008

HAPPY B-DAY ADNET!



Ontem foi aniversário do Marcelo Adnet!! Tenho certeza que ele vai me perdoar por só fazer o post em homenagem hoje, afinal, ele além de ser um visitante assíduo do meu blog (assim como a Glê Herself) , também me ama e quem ama perdoa... Okayz???

Então lá vai...

No melhor estilo "Arquivo Confidencial" do Faustão

- Leiam abaixo imaginado uma tela dividida, com o Marcelo chorando de um lado e eu falando emocionada do outro! -


- Me lembro como se fosse ontem, da primeira vinheta que a MTV passou, onde ele aparecia, cantando o Rap do Quiabo (na época sem "k" e "bb"), de cara eu já achei hilário e comecei a assistir o programa. Geral aqui em casa falava mal...

[Aparece na tela minha irmã Sueloka]

Ah, é verdade! virei pra Nathalia e disse: tira desse carioca otário aí, ele imita paulista fazendo o Boça, como se todo mundo de São Paulo falasse assim, meu!

[Apareço novamente enxugando as lágrimas]

Mas eu gostei, cara! Adorei as imitações e ficava impressionada com o talento do cara de improvisar e mandar bem pra caraBEEPlho! Logo o pessoal lá de casa passou a curtir também e minha irmã passou a se referir ao Adnet como "o amorzinho da Nathalia"... [Marcelo ri emocionado, do outro lado da tela] ...Na época, só pra variar um pouco, eu andava depressiva, mas se tinha um momento do dia que eu rachava o bico era quando eu assistia o 15 Minutos! [Faustão de fundo: Ô louco, meu!] ...Admiro muito esse cara! Na MTV, no Teatro e no filme da Xuxa!
- MARCELO EU TE AMOOOO!

[Começa a tocar uma música instrumental romântica, a audiência sobe cada vez mais e eu entro no palco, fazendo uma enorme surpresa para o Marcelo... Que corre na minha direção, me abraça, me ergue e... quebra a coluna!
Nisso, entra um intervalo de última hora e chamam enfermeiros de plantão, que o colocam em uma maca e o levam ao camarim...]

FIM...

E FELIZ ANIVERSÁRIO!

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

PERKELE!!! (6)



Hard times
I’m having such a hard day
Such a stupid phase
I’m in the gutter and I can’t take
These kinda shit no more
I can’t face the mirror, no
I wonder when it all it’s gonna change

i wish i could write "happy songs", but to do that i'd need a happy life... ¬¬