sexta-feira, 15 de junho de 2012

Como ter certeza de que sua infância foi uma merda

Hoje, de novo, estava lá pelo HC...
Na sala de espera, em meio aos pacientes bipolares (estava tendo palestra inclusive) que não calavam a boca (isso porque se tratam, mas quem disse que genérico funciona mesmo?) e as anoréxicas. Olha, não quero julgar, pois isso é uma doença bizarra de fato. As meninas e até senhoras (tipo, mais de 60!) são esqueletos revestidos com pele, me senti no Walking Dead. É, não quero julgar, mas não ligo em ser maldosa. Coisa feia de se ver... Quase igual gente muito obesa. Antes extremos no humor, do que no físico.

Bom, já meio perturbada pelas imagens, estava passando por um corredor, perto do refeitório de lá  e senti um cheiro, mas um cheio de comida, que era IDÊNTICO ao que sentia no jardim/pré, antes do almoço (eu ficava tempo integral lá). Sabe como cheiro te faz viajar no tempo como nada, né? Voltei aos meus 5, 6 anos e... odiei. Era cheiro de comida, imagino que até bom, mas me fez querer vomitar. Me trouxe flashbacks e ânsia, muita ânsia. Eram quase 15 horas e eu estava sem me alimentar desde o café da manhã e ainda assim, fiquei horas sem conseguir comer. Só lá para as 17h que senti uma vontade de um doce, sei lá. Aí almocei.

Isso prova que mesmo com algumas poucas boas lembranças, a verdade é que minha infância não me traz sentimentos bons. Lá no meu inconsciente, me faz querer... vomitar.

2 comentários:

Adalba disse...

Tenso isso Bee,,, Tem certos cheiros do nosso passado que vem do nada msm, tem alguns que eu não gosto de lembrar. Pior, vc só lembra do fato depois de sentir a porra do cheiro.

Nathalia Lambert disse...

Pois é. Forte mesmo...

Outro dia muito desagradável foi quando entrei numa lotação e outro passageiro tinha se banhado no mesmo perfume que vc ou o Pícaro usa. Era como se tivessem 20 de vocês lá, ou seja, um pesadelo.